6 de jun de 2008

Cd: “Onde brilham os olhos seus”
Artista: Fernanda Takai
Lançamento: Do Brasil Música
Distribuição: Tratore
Quanto: R$ 24, em média
Avaliação: Muito Bom

Réu confesso.

Confesso que andei perdendo a paciência para ouvir certas coisas. Principalmente as incansáveis tentativas de homenagem e resgate de certos estilos musicais definitivos, como por exemplo, a Bossa Nova. Regravações, participações, encontros, coletâneas das mais diversas formas e tamanhos, cerceadas pelas boas e más intenções pró-mpb da indústria fonográfica nunca me convenceram. Mesmo as interpretações mais modernas, como as da Bebel Gilberto, já cansaram. Nenhuma “homenagem”, por mais verdadeira e bem intencionada que seja é melhor ou está acima daquilo que foi imortalizado por Jobim, João Gilberto, Vinícius, Nara Leão, Menescal e tantos outros. Então eu pensei: Que tal deixar a Bossa Nova em paz? Esse pensamento caminhou comigo por um tempo até que no ano passado tudo mudou. Chegou às minhas mãos o cd “Onde brilham os olhos seus” de Fernanda Takai, uma homenagem à Nara Leão e porque não dizer, a Bossa Nova. Ela me convenceu!

O Cd.

O disco foi produzido por John Ulhoa (Pato Fu) com direção artística de Nelson Motta e traz uma coleção de 13 canções recolhidas do repertório de Nara Leão no período de 1942 a 1989. A voz doce e delicada está lá, mas também há guitarras e programações, tudo na medida certa e com um forte toque da personalidade e interpretação de Takai. Aqueles arranjos outrora manjados dos clássicos imortalizados na voz de Nara deram lugar a modernas e criativas releituras como se percebe logo a partir da primeira faixa. O samba “Diz que eu Fui por Aí” (Zé Keti / Hortênsio Rocha) virou uma balada (perfeita para voz de Fernanda), “Com Açúcar com Afeto” (Chico Buarque) flerta com o dance e o empolgante eletro baião “Seja o Meu Céu” de Robertinho de Recife (que resgate, hein?) já fazem valer o disco. Ainda tem “Ta-hi” (Joubert de Carvalho), “Canta, Maria” (Ary Barroso), “Insensatez” (Tom Jobim), “Luz Negra” (Nelson Cavaquinho /Amâncio Cardoso), “Debaixo dos Caracóis dos Seus Cabelos” (Roberto e Erasmo Carlos), “Descansa Coração” (My Foolish Heart) (V.Young / N.Washington / Nelson Motta), “Lindonéia” (Caetano & Gil).

Longa vida a carreiro solo de Takai e um aviso: esse disco vicia!

Nenhum comentário: